Ponto e Vírgula 18/05/2024

Ponto e Vírgula 18/05/2024

Digite seu texto aqui...

Sobe - Taxa de alfabetização no Brasil por chegar a 93%, segundo o IBGE.

Desce - Motorista de aplicativo preso sob suspeita de envolvimento em latrocínio, em Feira de Santana.

Murchando

Por falta de um candidato a prefeito, a chapa de pré-candidatos a vereador do Republicanos está minguando. Eles reclamam da falta de apelo que terá a chapa, que, segundo eles, já era raquítica. E sem o apelo, se cria uma dificuldade enorme para eleger vereadores. Por uma orientação do Bispo Marinho, o Republicanos, que já tinha anunciado a candidatura de José de Arimatéia, e confirmada por ele próprio, desistiu da ideia.

Podemos

O Podemos, que disputará vagas para vereador com chapa completa, elenca os nomes de Raimundão, da Conceição, Jean Caverna e Sandro Nazireu, com amplas possibilidades de conquistar o quociente eleitoral. É bom lembrar que o grupo tem outros bons candidatos, novos, que disputam a eleição pela primeira vez.

Partido Novo

Carlos Medeiros, do Partido Novo, ainda essa semana, voltou a confirmar sua pré-candidatura para o próximo pleito municipal. Sendo essa, uma decisão que se torna definitiva, o partido vai pecar por não ter construído uma chapa competitiva para conquistar vaga na Câmara. Na eleição passada, a agremiação conseguiu inscrever 10 candidatos.

Conselho tutelar

Demandas do Conselho Tutelar, em Feira de Santana, serão debatidas na próxima segunda (20), às 14h, em reunião de representantes do colegiado com a presidente da Câmara Municipal, vereadora Eremita Mota (PP). O encontro será nas dependências do Centro de Cultura Amélio Amorim, onde o Legislativo vem realizando as suas atividades desde o início da reforma da Casa da Cidadania e do prédio anexo, onde funcionam os gabinetes dos vereadores e parte dos setores administrativos. A reunião terá a participação da 7ª Promotoria da Infância e Juventude, que tem como promotora Idelzuith Freitas, e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, que tem à frente Denilton Brito.

Fardamentos

As turmas do fundamental II da Rede Municipal de Ensino estão há cerca de três anos sem receber fardamento da Prefeitura de Feira de Santana. A queixa foi feita por uma professora da rede e transmitida pela presidente da Câmara Municipal, vereadora Eremita Mota (PP). Além de questionamentos sobre o fardamento, Eremita Mota disse que também foi perguntada sobre a previsão da Prefeitura realizar um novo concurso público para o preenchimento de vagas de professores, nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

Copa Ipuaçu

Um evento esportivo vai movimentar o Estádio Municipal do distrito de Governador João Durval, neste domingo (19), quando acontece a abertura da segunda edição da Copa de Futebol de Ipuaçu (antiga denominação do lugar), que desta vez envolverá 10 times, sendo dois da sede, mais oito das localidades de Umbuzeiro, Amarela, Pedra da Canoa, KM 7, Vila São José, Santa Rosa, Formosa e Brava. Incentivador da competição, o vereador Jurandy Carvalho (PL) convidou o público a prestigiá-la, em pronunciamento na Tribuna da Câmara Municipal.

Multa

O Ministério Público Eleitoral pediu à Justiça que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seja multado em R$ 25 mil, por pedir voto em Guilherme Boulos (PSOL), para prefeito de São Paulo, durante um ato no 1º de Maio. Os dois políticos são alvos de ação judicial por propaganda antecipada que tramita na 2ª Zona Eleitoral de SP. Para o MPE, Boulos deve ser multado em um valor acima do mínimo exigido, de R$ 5 mil. A manifestação do órgão público foi assinada pelo promotor Nelson dos Santos Pereira Júnior, na última quarta-feira, 15.

Dilma

A Advocacia-Geral da União (AGU) cobra da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), uma dívida de R$ 10 mil, referente a uma multa por propaganda eleitoral irregular na campanha eleitoral pela reeleição ao Palácio do Planalto, em 2014. Ela, o vice de sua chapa, Michel Temer (MDB), e o então ministro da Saúde, Arthur Chioro, foram condenados, em agosto de 2020, por uso de bens da União, em benefício da candidata, depois de levarem ao ar uma peça de campanha gravada dentro de uma unidade básica de saúde (UBS). Relator do caso à época no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Roberto Barroso estipulou multa de R$ 5,3 mil para cada um, mas somente Temer quitou o valor. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 24 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/