Quem é Diego Braga, treinador e ex-lutador de MMA morto no Rio de Janeiro

BrasilSaiba mais

Quem é Diego Braga, treinador e ex-lutador de MMA morto no Rio de Janeiro

Ex-atleta enfrentou nomes como Charles do Bronx e Adriano Martins em sua carreira

Diego Braga, professor, treinador e ex-lutador de MMA | Crédito: Reprodução/Instagram

O treinador e ex-lutador de MMA Diego Braga, 44, morreu na segunda-feira no Rio de Janeiro, após ir ao Morro do Banco, na Zona Oeste da cidade, em busca de uma moto furtada na Muzema, outra comunidade da região. Segundo o g1, o corpo do professor e ex-atleta foi encontrado pela polícia no início da noite após seu desaparecimento durante a madrugada.

Diego Braga, 44, foi lutador profissional de muay thai e MMA. Nascido e criado na comunidade de Rio das Pedras, no Rio de Janeiro, ele começou seus treinos no muay thai com Alexandre Baixinho, Gustavo Ximu e Aloisio Dado, mas embalou como lutador na equipe Ruas Vale-Tudo, do ex-UFC Marco Ruas, onde teve Pedro Rizzo como treinador.

Braga iniciou sua carreira profissional no MMA em 2003 e passou por equipes como Gracie Barra Combat Team e Team Nogueira, antes de fundar a Tropa Thai. Enfrentou nomes como Charles do Bronx, Miltinho Vieira, Adriano Martins e Iliarde Santos, todos com passagens pelo UFC. Também treinou com os irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro e com Anderson Silva, cuja equipe inclusive integrou nas suas últimas lutas no Ultimate. Fez sua última luta profissional em 2019 e se aposentou com 23 vitórias, oito derrotas e um empate.

Atualmente, se dedicava à Tropa Thai, sua academia de artes marciais em Rio das Pedras, onde também buscava realizar trabalho social para afastar os jovens da comunidade do crime e das drogas. Seu filho, Gabriel Braga, é o grande destaque da equipe e chegou ao final do torneio peso-pena da PFL em 2023. Além disso, treinou lutadores europeus como Daniel Weichel, do Bellator, e Marcin Held, ex-UFC, Bellator e PFL. Vários dos seus atletas têm integrado os cards do Jungle Fight no último ano.

Na manhã desta terça-feira (16), a Polícia Militar prendeu um homem que confessou ter tido participação no crime. Segundo a PM, Tauã da Silva, conhecido como 2B, de 18 anos, tem passagens na polícia e foi encontrado em casa com drogas. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 18 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/