Clubes da Série B recebem antecipação de receitas da CBF

EsportesSaiba mais

Clubes da Série B recebem antecipação de receitas da CBF

O Vitória foi o clube que recebeu o maior montante, totalizando R$ 4 milhões

Crédito: Reprodução/EC Vitória

Em um desfecho inusitado na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro, quatro clubes que disputaram a competição foram beneficiados com antecipações de receitas futuras pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

Dentre eles, Vitória, Juventude e Atlético-GO garantiram seus lugares na elite do futebol brasileiro em 2024, enquanto o Sport, apesar da antecipação, não alcançou o acesso.

De acordo com os recibos, o Vitória, campeão da Série B com 72 pontos, foi o clube que recebeu o maior montante, totalizando R$ 4 milhões. Os pagamentos, realizados em quatro parcelas de R$ 1 milhão cada, ocorreram nos dias 3 e 20 de outubro, 3 e 20 de novembro.

O presidente do Vitória, Fabio Mota, esclareceu que o clube pediu, mas ainda não recebeu o dinheiro, embora os recibos indiquem o contrário. Mota afirmou: "O procedimento é esse. Mandar o recibo e depois receber."

O Atlético-GO, que encerrou a Série B em terceiro lugar, recebeu R$ 2,5 milhões em antecipação no dia 26 de outubro, conforme recibo assinado pelo presidente do clube, Adson Batista. O dirigente destacou a legalidade da operação e expressou "gratidão eterna" à CBF.

O Juventude, vice-campeão da Série B, também foi contemplado com R$ 1 milhão em antecipação, mas o clube preferiu não comentar sobre o assunto.

O Sport, por sua vez, recebeu R$ 1,5 milhão em antecipação no dia 27 de setembro. O presidente Yuri Romão afirmou que averiguaria se se tratava de adiantamento ou cotas de 2023 e não forneceu mais explicações.

O Código de Ética da CBF teoricamente proíbe a prática de adiantar valores aos clubes, visando preservar o equilíbrio competitivo. No entanto, o "Parágrafo Único" do artigo 20 permite concessões em casos excepcionais, desde que aprovadas pela diretoria da CBF.

A CBF, em resposta, afirmou que respeita as normativas de legalidade e probidade, destacando suas cláusulas anticorrupção nos contratos. A entidade reforçou seu compromisso com a transparência e a integridade, afirmando que a fase sombria do passado ficou para trás, e que a CBF segue firme no propósito de respeitar a legislação. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 29 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/