Feirense Gervásio Silva conquista título baiano de Sprint Triathlon

EsportesDestaque

Feirense Gervásio Silva conquista título baiano de Sprint Triathlon

A prova tem 750 metros de natação, 20 quilômetros de bike e 5 quilômetros de corrida 

Feirense Gervásio Silva (centro) conquista título baiano de Sprint Triathlon | Crédito: Arquivo Pessoal

No último domingo (13), foi realizada na praia da Marinha, 2º Distrito Naval, Comércio, em Salvador, a última etapa do Campeonato Baiano de Sprint Triathlon. A prova contou com a participação de 180 atletas oriundos da capital e interior.

Destaque para o atleta feirense Gervásio Silva, que faturou o título de campeão baiano da categoria Masculino 50 a 54 anos (M50-54). Gervásio que precisava terminar a prova entre os três primeiros colocados da categoria para poder carimbar o título baiano de Sprint Triathlon, fez bonito e fechou a prova na primeira colocação. A prova curta requer muita explosão e velocidade, com distâncias de 750 metros de natação, 20 quilômetros de bike sendo finalizada com 5 quilômetros de corrida.

Em entrevista exclusiva a reportagem do jornal Folha do Estado, o triatleta contou a respeito de mais uma conquista na carreira. "Sabia que não seria tão fácil, então montei uma estratégia, antes da largada. Tinha que fazer uma natação forte para sair do mar com os atletas mais novos, assim teria mais chance de me distanciar dos meus adversários nas outras modalidades. E a estratégia deu certo, natação forte, saída com os mais novos e distância ampliada a cada volta. Aí a estratégia teve que mudar. Como gosto de desafios, a disputa por uma melhor colocação, já ficou com os mais novos e assim foi até o final da prova. Boas disputas, uma excelente colocação no geral, sendo o único com mais de 40 anos entre os primeiros colocados, pra mim que tenho 54 anos, foi ótimo. Primeiro colocado na minha categoria, título baiano confirmado e a satisfação de dever cumprido no ano de 2022", disse.

Gervásio Silva agora volta as atenções para a disputa do Mundial de Triathlon de Longa Distância, que vai acontecer em 2023, na Espanha. "Como o mundial será no primeiro semestre de 2023, optei por não ter férias dos treinos. Agora é foco total e pensamento positivo. O mais difícil não é treinar, o mais difícil é conseguir recurso para bancar toda viagem e inscrição. Mas, tenho um Deus poderoso que nunca me desampara e eu confio que tudo vai dar certo. E com certeza irei dar meu melhor para representar bem minha equipe e minha cidade", finalizou. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 03 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/