Réplica de avião da Chapecoense em decoração de Natal gera revolta

EsportesCaso na Colômbia

Réplica de avião da Chapecoense em decoração de Natal gera revolta

A cidade de La Union viu-se envolvida em uma controvérsia

A cidade de La Union, próxima a Medellín, viu-se envolvida em uma controvérsia nesta temporada de Natal devido à recriação de uma réplica do avião que trágica e fatalmente transportava a equipe da Chapecoense em 2016. A estrutura de alumínio, parte das decorações natalinas, pretendia ser uma "homenagem" às 71 vítimas do acidente aéreo.

Na véspera do sétimo aniversário do acidente, o prefeito da cidade, Edgar Osorio, ordenou a retirada imediata da réplica após intensas críticas da comunidade local, que expressou revolta diante da insensibilidade percebida na decoração.

O prefeito Osorio emitiu um comunicado pedindo desculpas e explicando a decisão de remover a réplica do avião:

"A instalação de uma réplica do avião, referenciando a tragédia de quase sete anos que marcou nossa comunidade, gerou diversas reações nas redes sociais. Por isso, tomamos a decisão de retirá-lo do parque principal. As decorações de Natal nunca tiveram a intenção de ferir a sensibilidade das pessoas, mas compreendemos o desconforto que causaram e por isso apresentamos as nossas desculpas e procederemos à sua remoção."

A polêmica recriação, que fazia parte da decoração natalina do parque principal da cidade, reacendeu as emoções ligadas à tragédia que comoveu o mundo do futebol em 2016. A queda do voo LaMia 2933 resultou em 71 mortes, com apenas seis pessoas sobrevivendo, incluindo três jogadores da Chapecoense. O acidente foi atribuído à falta de combustível da aeronave.

O prefeito expressou sua preocupação com a possível ofensa aos brasileiros que visitam La Union nesta terça-feira, data do aniversário do acidente:

"Tomei a decisão pensando nos nossos irmãos brasileiros. Temos a memória do acidente na terça-feira e sei que muitos deles estarão aqui. Vai haver um evento religioso e atos institucionais, eles vêm sempre, fazem-no todos os anos. Se em algum momento alguém neste planeta se sentir ofendido, peço desculpas como prefeito."

A decisão de retratação e remoção da réplica visa amenizar a dor das famílias e respeitar a memória da tragédia que marcou a história da Chapecoense e do futebol mundial.

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 26 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/