TSE proíbe transporte de armas e munições no dia da votação

PolíticaVotação unânime

TSE proíbe transporte de armas e munições no dia da votação

Decisão do plenário, extensiva ao período de 24 horas antes e 24 horas depois do pleito

Crédito: Divulgação

Em decisão plenária aprovada por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta quinta-feira (29) a proibição de transporte de armas e munições no dia da eleição, em todo o território nacional. A vedação é extensiva ao período de 24 horas antes e 24 horas depois do pleito e abrange colecionadores, atiradores e caçadores.

Antes, os ministros do TSE haviam decidido proibir o porte apenas no perímetro de 100 metros das seções eleitorais e em outras localidades eleitorais. Em contato com a corte, dirigentes da Polícia Civil de todos estados sugeriram a proibição de funcionamento dos clubes de tiro, frequentados por caçadores e colecionadores.

O descumprimento da nova proibição pode resultar em prisão flagrante por porte ilegal de arma sem prejuízo do crime eleitoral correspondente

"A medida tem por objetivo proteger o exercício do voto de toda e qualquer ameaça, concreta ou potencial. Além disso busca prevenir confrontos armados derivados da violência política", destacou o TSE, em nota. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 22 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/