Ponto e Vírgula 23/07/2022

Ponto e Vírgula 23/07/2022

Sobe - Amigos e familiares se reúnem em festa com temática política divergentes (Lulistas e Bolsonaristas) e se divertem

Desce - Empresas de internet que insistem em realizar conexões clandestinas de internet que causam diversos incêndios.

Visita

Ontem (22), o pré-candidato ao Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues (PT), esteve na redação do Jornal Folha do Estado, junto a Geraldo Júnior (MDB), pré-candidato a vice-governador em sua chapa, e o Senador Otto Alencar (PSD). Jeônimo deu à nossa reportagem uma entrevista exclusiva, que sairá na próxima terça-feira (26).

Dayane

A deputada baiana Dayane Pimentel (União Brasil) usou as redes sociais para relatar a informação de que um deputado do chamado Centrão e apoiador da reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL) conseguiu R$ 40 milhões em emendas 'só essa semana'.

Dayane I

"Como concorrer contra deputados com tanto poder? A grande maioria esmagadora tá trabalhando assim", protestou a parlamentar. Deputada baiana não informou - na postagem - a qual deputado ela se referia nem se essas emendas eram do orçamento secreto - dotações feitas pelo relator do orçamento sem identificação de qual parlamentar fez a proposta.

Sem medo

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) afirmou que se preparou toda a vida para se tornar governador da Bahia e que não tem medo de ser comparado aos outros pré-candidatos ao governo do estado. "Ao contrário, eu quero que me compare aos outros pré-candidatos ao governo da Bahia. Eu quero que avaliem a história de cada um, o currículo de cada um, as realizações de cada um, o resultado do trabalho de cada um. Porque eu não tenho dúvida que a comparação fará com que os baianos escolham o melhor candidato", disse.

A culpa

O presidente Jair Bolsonaro criticou os jovens que culpam o governo pela falta de emprego. Ele declarou que o governo não cria empregos e não atrapalha os empreendedores. Segundo ele, os jovens deveriam "correr atrás". "Eu não crio emprego. Quem cria emprego é a iniciativa privada", disse.

Doações

Os 16 partidos com doações de pessoas físicas registradas ao longo da pré-campanha deste ano receberam até o momento ao menos R$ 22 milhões, de acordo com levantamento do jornal O GLOBO, com base em parciais das prestações de contas das siglas já disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O valor, usado para a manutenção das legendas, já se aproxima dos R$ 25 milhões arrecadados pelas mesmas siglas em todo 2021.

Processos

Caso não consiga se reeleger, o presidente Jair Bolsonaro (PL) deve responder a uma série de processos na Justiça comum a partir de 2023, caso deixe o Palácio do Planalto, o que eleva as possibilidades de responsabilização penal. No cargo, o presidente só pode responder a processos penais que tenham relação com o mandato. Para isso, ele deve ser denunciado pelo PGR (procurador-geral da República), Augusto Aras. É necessário ainda o aval da Câmara dos Deputados para que ocorra o julgamento pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Processos I

Se perder o foro privilegiado, novas ações contra Bolsonaro poderão ser movidas por procuradores ou promotores pelo país, a depender da natureza do crime. Na esfera cível, onde o presidente não tem foro, foram identificadas, a partir de ferramenta da empresa Digesto para consulta de processos públicos tribunais em primeira instância, dez processos por danos morais e por condutas relacionadas à pandemia em que Bolsonaro foi alvo direto no decorrer do mandato. Oito processos tratavam do desrespeito ao isolamento social recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde), mas acabaram extintos sem julgamento.

Prisão

O ministro Alexandre de Moraes determinou a prisão temporária de um homem que defendeu ataques a políticos de esquerda nas redes sociais. Entre os alvos dos ataques, estavam o ex-presidente Lula e candidato à presidência nas eleições deste ano, e o deputado Marcelo Freixo. O ministro do Supremo também determinou a busca e apreensão de "armas, munições, computadores, tablets, celulares e outros dispositivos eletrônicos" em poder de Boa Pinto. As redes sociais do ex-candidato também deverão ser bloqueadas, como o Twitter, YouTube e Facebook. Um grupo do Telegram administrado pelo homem também deverá ser bloqueado. 

Veja também:

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 08 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/