Comerciante reporta ter sido vítima de sequestro em Feira de Santana

SegurançaSaiba mais

Comerciante reporta ter sido vítima de sequestro em Feira de Santana

O prejuízo financeiro causado pelo sequestro é estimado em torno de oitenta mil reais.

Crédito: Reprodução

Na tarde de quarta-feira (28), um comerciante relatou momentos de terror após ser vítima de um sequestro no bairro Feira IX. Segundo o relato, dois indivíduos abordaram seu veículo, forçando-o a acompanhá-los por horas enquanto realizavam saques na conta bancária.

"Eu estava visitando um cliente quando fui surpreendido por esses meliantes. Fiquei rendido por cerca de duas horas e meia até ser liberado por volta das cinco horas da tarde. Foi uma experiência terrível, algo que não desejo para ninguém", desabafou o comerciante.

Durante o período em que ficou rendido pelos sequestradores, o comerciantes contou que foi submetido a agressões físicas e psicológicas. "Eles foram muito agressivos, me ameaçavam constantemente e exigiam informações bancárias, senhas, tudo de forma muito violenta", relatou.

O prejuízo financeiro causado pelo sequestro é estimado em torno de R$ 80mil.

"Acho que foi prejuízo em torno de oitenta mil, porque eu não fiz o balanço geral ainda mas na conta da Caixa foi em torno de sessenta e cinco mil, os extratos do Bradesco eu não tive acesso ainda, eu tentei entrar no aplicativo, mas eles levaram meu celular. Então, quando eu sair daqui, eu vou passar no Bradesco, puxar o extrato pra ver em média de quantos que eles levaram", explicou.

Após horas circulando com os sequestradores, o comerciante foi deixado em uma estrada de terra em Humildes. Ainda abalado pela experiência, ele disse acreditar que os sequestradores já sabiam informações sobre ele.

"Eu acredito que pelas informações que ele passava, foi indicação de uma pessoa, foi algum canal já de informação certa, eu acredito que ele podia estar me rastreando, porque eu estava com o carro da empresa que é identificado, então há uma possibilidade, mas a gente não pode afirmar sem ter uma confirmação concreta e no final do delito, ele foi solícito, chegou para mim até deu umas dicas para que tomasse cuidado porque foi uma pessoa que passou essas informações", concluiu o comerciante. 

 

Comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.jornalfolhadoestado.com/